Jogador da base NUNCA mais vai jogar no Palmeiras!

Já é sabido pela maioria que o Palmeiras nunca foi um clube revelador de grandes craques em suas categorias de base. Com exceção dos goleiros - esse sim um grande celeiro no passado - dificilmente alguém de muito peso surgiu no restante das posições. Mas desde que a Crefisa começou a investir no Verdão a base melhorou MUITO. Hoje o Palmeiras é um dos clubes mais vitoriosos do Brasil nas divisões inferiores. Conquista tudo quanto é título desde o Sub-8. Mas curiosamente não se vê NINGUÉM sendo aproveitado no elenco principal. NINGUÉM!

E pra mim vai ficando mais claro que isso será uma prática cada vez mais frequente no clube. Ou seja, trabalham o jogador até a idade de junior (talvez até juvenil!) e vende por milhões para clubes como o Shakhtar Donetsk. Esse foi o caso, por exemplo, do atacante Fernando, negociado com time ucraniano aos 19 anos por R$ 24 milhões. Mal tinha jogado pelo profissional. Igual a ele tem um montão!

Na contramão dessa história está Gabriel Jesus, que demorou até mais do que deveria para deixar o clube - e por um valor irrisório, diga-se de passagem! - porque ele brilhou rápido e a diretoria foi pressionada. Aliás, se não fosse a gente no 'Os Donos da Bola' da Band o Verdão tinha perdido ele para o São Paulo. O contrato já estava até batido para ele se transferir ao Morumbi.

Particularmente acho um baita desperdício de dinheiro você investir dezenas de milhões de reais em jogadores inexpressivos tecnicamente como Carlos Eduardo, Felipe Pires e Matheus Fernandes tendo na base jogadores que foram campeões Brasileiros Sub-20. Poderiam tranquilamente serem aproveitados. E isso não é uma exclusividade do Palmeiras, viu? Muitos clubes adotam essa postura porque fazem da base um grande balcão de negócios principalmente porque esses garotos são pouco vistos.

Uma pena. Se ficassem esses meninos ajudariam a melhorar muito a qualidade do futebol brasileiro.

 

60 comentários

  1. Rennan
    14 maio, 2019 at 23:02 Responder

    Depois q venderam o Palmeiras pra Crefisa só qd o Palmeiras perder a Crefisa vai voltar a base,qt mais dinheiro em perna de anão como Borja e Lucas Lima,mais rentável e mais balde de água de verde,ao invés de um atacante da base como o Papagaio e o Alan q poderiam valer muito mais,triste
    Netão
    1: Na lata quem leva a Libertadores?
    2: A Conmebol colocando os jogos do Flamengo pra Globo é claro sinal q a Globo está boicotando o Palmeiras?
    3: E a bendita Taça das Bolinhas?vc acha que tem que ir pro São Paulo mesmo?ou acaba com a história e faz uma réplica e dá pro Flamengo e deixa a original com o São Paulo q é mais justo?ou dá pro Corinthians que tem mais q os dois kkkkkkk?
    4: Q vc achou dessa mudança de datas do Majestyoso e do jogo contra o Goiás q ninguém sb qd vai ser os dois jogos?desorganização da CBF???
    5: Eu ouvi dizer q com a saida do seu escudo Edu Gaspar,o Tite já tá pressionado,e o nome hoje,principal não é do Renato Gaúcho,é ou do Carille ou do Mano(Apesar q o Mano deve recusar)e até o Sampaoli estaria na mira,vc axa q se o Tite sair da CBF ele volta pro Corinthians ou vai pra europa?
    6: Pq treinador Brasileiro passa vergonha na Europa e outros sul-americanos como o Simeone e o Pochettino brilham na Europa?somos defasados?

    • Craque Neto 15 maio, 2019 at 17:07 Responder

      1) Palmeiras.
      2) Sim.
      3) SP. O Flamengo não ganhou em 87. Foi o Sport.
      4) CBF é várzea.
      5) Vai pra Europa no Arsenal do Edu.
      6) Sim.

  2. Leonardo 14 maio, 2019 at 23:36 Responder

    Neto infelizmente o Corinthians é campeão nessa prática. Nos últimos anos fomos campeões varias vezes da copinha e não aproveitamos ninguém no profissional. As exceções foram o Pedrinho, Arana, Marquinhos, Maicon e Maicon, que fora o Pedrinho já foram vendidos a preço de banana. Veja exemplos de jogares como o Dodô do Cruzeiro, Antônio Carlos do Palmeiras e Everton Ribeiro do Flamengo. Todos passaram pela base do Corinthians e não se firmaram no profissional. Fagner precisou sair e mais tarde ser comprado de volta.

  3. Adriano 15 maio, 2019 at 04:58 Responder

    Craque neto o palmeiras não quer trazer os meninos da base isso é uma vergonha infelizmente estão sendo esquecidos no profissional o palmeiras e a diretora nunca vão dar uma oportunidade para eles infelizmente só vem para o time profissional para encher os cofres . O que você acha craque neto?

  4. Anderson 15 maio, 2019 at 06:37 Responder

    Concordo com você craque neto.no meu timão vejo que o clube fica refém de empresários que só pensam em lucrar e muito moleque bom de bola fica deixado de lado.olha dois bons exemplos disso o Fabrício oya eo Janderson. Craque neto aproveito para perguntar a vc que atualmente no plantel de jogadores do timão qual seria o melhor time de titular e qual o esquema tático ideal q o Corinthians deveria jogar com esses jogadores que tem a disposição?

  5. Marco Vinícius Marques Martins 15 maio, 2019 at 07:10 Responder

    Muito interessante é que ninguém abre a boca pra elogiar o São Paulo que colocou Igor Gomes, liziero, luan, antony, quando Corinthians lançou o Arana viviam elogiando a base, agora o São Paulo faz esses meninos jogarem uma baita bola ninguém fala, e ninguém fala também que o São Paulo vende bem os jogadores. Ninguém fala da base do são Paulo esse ano devid neres e Lucas na semi da champions dois da base do são Paulo nos últimos anos Casemiro, muito bacana ninguém abrir a boca pra falar da base são paulina se fosse a do Corinthians…… Me ajuda ae sou seu fã netao.

  6. Renato Durau 15 maio, 2019 at 07:24 Responder

    e o Corintia? qual foi o ultimo jogador bom que revelou? não me venha falar em Pedrinho porque essa eterna promessa fez 3 gols em mais de 100 jogos, é brincadeira? Craque, o Pedrinho vai morrer de fome, como diz o ditado?

  7. Pdkf 15 maio, 2019 at 07:40 Responder

    Neto, quem bateu esse contrato do Gabriel Jesus com o São Paulo foi o mesmo do contrato do Pato no Palmeiras e do Seedorf e Riquelme no Corinthians?

  8. Leandro Lima 15 maio, 2019 at 08:00 Responder

    E o curintia ein neto? Terceira maior folha do Brasil pra terminar o brasileiro em 13 lugar, atrás do Bahia? Não tem ninguém na base melhor que o Araos? Bostelli 9 maior salário do Brasil não faz gol nem no avenida.

  9. Roger Flores da Costa 15 maio, 2019 at 08:26 Responder

    Craque neto, concordo com voçê, tenho notado isso muito no futebol Brasileiro, porque ao invés de vende-los antes de atuarem no time profissional, não colocarem pra jogar no mesmo, tenho certeza que conseguiriam vender por muito mais.

  10. Gabs - 15 maio, 2019 at 08:46 Responder

    Como sempre…..um post inteiro dedicado a falar mal do palmeiras junto com a dor de cotovelo do Neto…

    Todos os times fazem isso, corinthians não deixa de fazer….mas vem falar de qual time???

    kkkkkkkkkkkkkkkk

  11. Bruno 15 maio, 2019 at 09:08 Responder

    Craque Neto por onde anda aquele garoto q brilhou no passado e era dito como futura promessa do futebol brasileiro, passou pelo Coritiba e Palmeiras, Keirrison, sabe o paradeiro desse cidadão, ainda joga bola??

  12. Thais 15 maio, 2019 at 09:32 Responder

    Neto, eu nunca vejo você elogiar o Palmeiras de fato, é sempre um: “ganhou mas quero ver quando pegar adversário forte”, “ganhou mas não fez mais nada que a obrigação”, “ganhou mas jogou feio”. Não é um pouco injusto com o time que perdeu APENAS 2 vezes na temporada? Invicto a 27 jogos no brasileirão? Clube com a maior quantidade de títulos nacionais? Único time que chegou as finais da libertadores e da Copa Brasil e ainda foi campeão brasileiro?
    Obrigação de ganhar todo time tem e investimento como o do Palmeiras tem o Flamengo, agora vai me dizer que os dois times tem obrigação? Mas no final só um ganha pô…

    • Craque Neto 15 maio, 2019 at 17:14 Responder

      Thais, o Palmeiras tem um baita elenco, gastou uma grana e tem obrigação de ganhar tudo. Até aqui está bem, quero ver no fim do ano.

  13. Lucas 15 maio, 2019 at 10:34 Responder

    Qualquer jogador de Base ( que for bom) irá jogar como qualquer outra profissão há renovação então os caras não são matuzalem para ficarem o resto da vida jogando ainda mais no futebol que a aposentadoria é cedo. Então sempre o cara acabará jogando isso é óbvio.

  14. XupaNet! 15 maio, 2019 at 11:19 Responder

    Corinthians so lembrou da base depois da crise, antes nem se quer lembrava de base, sendo umdos maiores campeão dos SUB.. entao relaxa netão e seca mais!

  15. Bruno A. 15 maio, 2019 at 11:23 Responder

    Craque Neto você não acha que o comentarista Petkovic é perna demais ? o cara se acha é muito arrogante,pensa que é melhor que todo mundo,eu não consigo ver o seleção sportv quando ele tá comentando..além disso ele só baba ovo pro Flamengo..Pra quem acha o Neto chato é porque ainda não conhece o Petkovic,aquele lá ganha de qualquer um em matéria de chatice !!

  16. Carlos 15 maio, 2019 at 11:34 Responder

    Atletas se fortalecerão com lei de transferências e poderão ser donos de direitos
    Novas regas da Fifa passam a valer em 1º de junho próximo

    https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/1,10,1,168/2019/05/15/noticia_futebol_nacional,584914/atletas-se-fortalecerao-com-nova-lei-de-transferencias.shtml

    Os atletas terão maior poder nas negociações e renovações de contrato com os clubes após a nova determinação da Fifa que permite que eles voltem a ser donos de seus direitos econômicos. A avaliação é de especialistas em Direito Esportivo, agentes de futebol e empresários ouvidos pela reportagem. Por outro lado, os especialistas fazem um alerta: com maior poder, os atletas podem acelerar a troca de clubes, buscando uma valorização maior a cada novo contrato.

    O raciocínio é simples. A partir do momento que o jogador detém seus direitos, ele passa a ter interesse direto na própria transferência de maneira rentável para si próprio. “A mudança enfraquece a relação contratual entre clube e atleta e cria mais uma razão para incentivar transferências”, opina André Sica, do CSMV Advogados.

    Eduardo Carlezzo, outro especialista em Direito Desportivo, prevê “turbulências”. “Os atletas saem fortalecidos, já que terão à sua disposição um novo instrumento de barganha na negociação de seus contratos de trabalho. O sistema atual, que mantém a propriedade de direitos econômicos na esfera dos clubes, é mais estável. Deve haver forte turbulência a partir de 1.º de junho quando clubes e atletas sentarem para negociar seus contratos.”

    Para Guilherme Martorelli, advogado do Sindicato dos Atletas de São Paulo, “os atletas têm um ganho exponencial dentro das negociações contratuais, inclusive gerando um efeito educativo de responsabilidade do atleta junto a uma possível e futura negociação”.

    As novas regras da Fifa estão no novo Regulamento sobre o Status e as Transferências de Jogadores (RSTP), que passará a vigorar em 1.º de junho. A Fifa alternou a definição da figura dos “terceiros”, que era válida desde 2015. Antes, o terceiro era qualquer outra parte que não fossem os dois clubes envolvidos numa transferência. O texto atualizado afirma que “terceiro” é qualquer outra parte que não seja o jogador ou os dois clubes envolvidos na transferência. Com isso, os atletas voltam à mesa de negócios.

    Na opinião do empresário Eduardo Uram, a Fifa apenas consertou um erro, pois os atletas são protagonistas em uma negociação e não poderiam ser caracterizados como terceiros.

    O fortalecimento dos atletas não significa ônus para os clubes, que também ganham novos argumentos. Em uma negociação, o clube sem os recursos financeiros pedidos pelo atleta pode tentar convencê-los oferecendo uma parcela dos direitos econômicos. A expectativa é que consigam segurar os jogadores por mais tempo.

    “Os clubes sul-americanos voltam a dispor de ferramenta essencial para convencer os atletas a renovarem seus contratos e a se manterem por maior período no continente”, avalia Cristiano Caús, do escritório CCLA Advogados.

    O agente Nick Arcuri, que trabalha com mais de 50 atletas, entre eles, o santista Rodrygo e o são-paulino Tchê Tchê, recomenda equilíbrio. “A cessão dos direitos econômicos para os atletas serve para ser mais uma ferramenta nas negociações contratuais, tanto para o clube como para o atleta. Sendo usada da maneira correta e equilibrada, isso pode ser muito positivo para todos.”

    Wagner Ribeiro, primeiro agente a ter direitos econômicos de jogadores no futebol brasileiro, em 1998, relativiza as mudanças e afirma que o mercado vai se acomodar. “O que vai acontecer agora é que os jogadores e suas famílias vão ter direito a esses porcentuais nas negociações para, em seguida, vendê-lo a terceiros, por um contrato de gaveta. Os agentes/investidores poderão comprá-lo de seus jogadores. Para a Fifa, clubes e a CBF, (o direito) permanecerá em nome do atleta”, afirma Ribeiro.

  17. Mark 15 maio, 2019 at 11:40 Responder

    Craque Neto se a crefisa sair a sociedade esportiva Palmeiras vai a falência em quanto tempo ? será que eles iriam continuar querendo peitar a globo ? o sonho do palmeirense é ter a força comercial do Coringão ?

  18. Dalthon Arruda 15 maio, 2019 at 13:14 Responder

    Neto .
    Boa tarde !
    É uma orientação da direção da Band, para que você seja grosso e mal educado com os participantes do programa?
    Por que nas poucas vezes que vi seu programa, te achei muito desagradável e ,mal educado. Você “obriga” as pessoas a concordarem contigo. Interrompe os comentaristas. Enfim um sujeito de mal trato.

  19. Flavio 15 maio, 2019 at 14:21 Responder

    Neto. Viu a bomba do Kajuru no programa do Bolívia? Se ainda não, procure e assista, depois diga o que pensa sobre o assunto.
    EXCLUSIVO: Jorge Kajuru conta em entrevista no canal do Bolivia BTS, a verdade sobre a convulsão do Ronaldo Fenômeno.

  20. Leandro 15 maio, 2019 at 14:22 Responder

    Globo criou os quadros Inacreditável Futebol Clube, Bola Murcha, Mustela Putorius Furo “O Furão” entre outros (apesar da desaprovação de muitos jogadores como Loco Abreu, Herrera e Deivid) para ridicularizar os jogadores e agora vem se solidarizar com o Sidão, ou seja, dá o tapa e esconde a mão. O que me diz?

  21. Mateus 15 maio, 2019 at 15:09 Responder

    Concordo com vc Neto, outro exemplo é o Artur que atualmente está no Bahia, pagaram mais de 20 milhões pelo Carlos Eduardo e emprestam o Artur pro Bahia, e também emprestaram o Yan que se destacou muito no ano passado na base pra um time de Portugal, vai entender esses caras… é uma pena saber que a base do Palmeiras que finalmente começou a ficar forte de um tempo pra cá está sendo tão mal aproveitada, e enquanto isso os rivais como exemplo são paulo e santos estão na contramão e mostrando como utilizar a base, logo vai embora outras promessas como Alanzinho, vitão, Gabriel Veron… fora um que já foi que era o lateral Luan cândido, que é apontado como uma das maiores promessas pra lateral esquerda.

  22. EVAIR JORGE 15 maio, 2019 at 15:59 Responder

    Craque Neto, boa tarde! Mas sabe o que mais deixa gente como nós (de meia idade), mais irritados ainda? É saber, que o garoto está na base do seu Clube (seja ele São Paulo, Palmeiras, Corinthians, Flamengo, e todos os grandes do Brasil), JÁ ESTÃO COM O PENSAMENTO NO BARCELONA, REAL MADRID ou outro grande da Europa. E não adianta mostrar a camisa do Clube daqui, que é torcedor desde criancinha e blá blá blá… Eles vêem o Clube (brasileiro) onde estão, como os pais…que lhes deram tudo até agora, mas se tornaram chatos, caretas e…tá na hora de sair de casa, “PORQUE EU SEI TUDO”, e, os “velhos”, estão ficando gagás..

    Triste ERA do nosso futebol. Aliás, desde a promulgação da Lei Pelé. Se de um lado “aboliu a escravidão” do jogador, tornou os Clubes reféns. Reféns de empresários, das Leis Trabalhistas, quando aplicável…

    Se não vai jogar no Clube, por que esses Clubes não emprestam gratuitamente esses garotos, para Clubes como a Portuguesa de Desportos por exemplo, que deve estar numa draga danada, hein?

    Abs

  23. Holavo de Karvalho 15 maio, 2019 at 16:42 Responder

    Como que um clube do interior que tem poucos recursos pode revelar jogador se no meio do processo de revelação do jogador vem um empresario e o leva pra um clube grande?

  24. Everson 15 maio, 2019 at 16:42 Responder

    concordo com vc neto é melhor subir um garoto como rodrygo e antony do que ficar com esses pé de rato do felipe pires e carlos eduardo.

  25. Cesar Augustus 16 maio, 2019 at 01:30 Responder

    Realmente é deprimente ver esses jogadores vindo por milhões – como o Borja – e a garotada da base não sendo bem aproveitada, emprestaram o Papagaio que se desse certo o Galo ainda ficaria com uma boa parte da grana, ridículo.

    Acha que seria importante para o Futebol Brasileiro a mudança no sistema de TV que está na Lei Pelé?