Espetáculos incríveis marcam carreiras

Neste sábado participei ao lado do narrador Téo José de mais uma decisão final de Liga dos Campeões. Sem dúvida trata-se do maior torneio de clubes do planeta. Algo extremamente organizado e bem valorizado. De um lado o poderoso Real Madrid com 11 títulos e certamente o reconhecimento de ser o maior time do mundo. Do outro um tático Juventus, que até então era disparada a melhor defesa do torneio. Muito em função também de seu goleiro Buffon, que aos 39 anos ainda se mostra com uma disposição e reflexo de menino. Um monstro sagrado!

E que jogão! Os espanhóis saíram na frente com o gol do Cristiano Ronaldo, mas logo depois os italianos empataram em um golaço do Mandzukic. Empate mostrava o equilíbrio que era a partida até o árbitro apitar o intervalo do jogo. Na volta foi um show merengue e dele, Cristiano Ronaldo. Esse português é impressionante! Um craque incrível! Ele assumiu mais uma vez a responsabilidade e comandou o ataque merengue para a goleada por 4 a 1. Além de mais um gol dele teve também um baita golaço do Casemiro, volante brasileiro que de maneira humilde e tranquila se tornou uma dos maiores jogadores do mundo.

A verdade é que eu como comentarista me sinto extremamente orgulhoso de fazer parte de um evento desses. Não tenho palavras para descrever a satisfação profissional que me trás participar de transmissão de um jogo desses. Certamente marca não só as carreiras dos atletas que estão no campo mas também dos profissionais de mídia que estão ajudando na cobertura.

Real Madrid conquistou sua décima segunda Liga dos Campeões, a chamada 'DuoDécima'. A turma de Cristiano Ronaldo vem construindo uma história incrível no futebol. E eu quando chego em casa tenho também a certeza de ter feito parte um pouco disso. Obrigado a todos os envolvidos!

17 comentários

  1. Rennan 4 junho, 2017 at 17:37 Responder

    Simples,o Real conseguiu com uma base sólida e com um Zidane q tem gente q o acha fraco d+,simplesmente conseguir o q o Milan 88-90 foi o último a fazer q é ser Bi-Campeão Europeu,depois de 27 anos,e tbm o Casemiro q de mascarado,narizinho empinado,q mt gente q era da Band hj ñ é mais falava mt,q foi principalmente o Quesada e o Praetzel q sempre falavam no Esporte e Debate inclusive na época q tu participava Netão,hj é o melhor volante do Futebol mundial,e pilar do time,tanto q a imprensa europeia fala q é Casemiro +10 nesse Real 15/17,e o Cristiano Ronaldo,mais uma vez decisivo e artilheiro,além de + uma Bola de Ouro assegurada,do msm nível de Garrincha,Puskas,Maradona,Cruyff,Zico,Rivellino,o cara é um mito msm
    Netão
    1: Já dá pra dizer q o Cristiano já é o melhor jogador da história do Real Madrid??
    2: Dorival Jr. Foi mandado embora do Santos agr msm,quem seria o nome ideal pra vc??

  2. Paulo Vitor 4 junho, 2017 at 22:51 Responder

    Neto sou seu fã e respeito sua opinião, mas se você perguntar a qualquer jornalista que não seja brasileiro, 10 entre 10 vão responder que CR7 é muito superior, até mesmo a longevidade aos 28 o fenômeno já estava em Franca decadência e o CR7 ainda é monstro aos 32. Abraço.

  3. Fernando 5 junho, 2017 at 10:28 Responder

    Craque Neto, será que um dia veremos um Neymar tão decisivo e profissional como o CR7, que deixa a vida em campo pelo seu time?