Uma década sem Telê

Meu respeito ao 'Mestre' Telê que nos deixou há exatos 10 anos. A admiração ao profissional e ao homem será eterna. Jogador virtuoso nos tempos de Fluminense e treinador top que transformou o modo de pensar futebol. Comandante da Seleção Brasileira em duas Copas do Mundo e idealizador do São Paulo bi da Libertadores e do Mundial. E como seu filho Renê disse, o Tricolor não soube absorver seus ensinamentos. Uma pena.

1 comentário